domingo, 5 de maio de 2013

O Maravilhoso Mágico de OZ



Um livro maravilhoso! Essa foi a primeira coisa que percebi quando abri a adaptação para quadrinhos feita pela Marvel, com roteiro de Eric Shanower e ilustração de Skottie Young.
Em cada página somos surpreendidos com
traços soltos, ângulos inusitadas e personagens fiéis a nossa imaginação.

Publicado por L. Frank Baum em 1900, O Maravilhoso Mágico de Oz já teve infinitas releituras: livros infatis resumidos, musicais, filmes, até os Trapalhões fizeram sua versão (Os Trapalhões e o Mágico de Oroz). Ao ler esta HQ parecia que eu estava lendo uma nova releitura com detalhes que desconhecia. O que deixou o livro mais interessante.


Além da fidelidade do roteiro de Eric, é preciso dar o crédito ao desenhista Skottie Young que trabalhou de forma brilhante cada personagem. Em anexo, no final do livro, temos um pouco do que foi a criação de cada um dos protagonistas. Acredito que todos estão muito bem elaborados, mas tenho que confessar que o meu preferido é o homem de lata. O personagem me fez imaginar um Dom Quixote feito de lata perdido no mundo de OZ, uma ideia que me encanta muito. Em nota, o desenhista explica que se baseou na figura do próprio L. Frank, o que enriquece ainda mais a obra.
Jean-François Beaulieu trabalhou muito bem as cores e, em cada quadro, podemos sentir através dos tons e texturas para onde os tijolos dourados levam Dorothy Gale e Totó.
Resumindo: é uma obra que qualquer artista gostaria de ter participado e é mais um livro de leitura obrigatória!

 Promoção O Maravilhoso Mágico de OZ - Saraiva

Nenhum comentário: